no , , ,

Tesla: BOMBA sobre dados VAZADOS preocupa Elon Musk

O bilionário estadunidense Elon Musk, teve dados da Tesla. sua empresa de carros elétricos com Inteligência Artificial, vazados pela agência de notícias Handelsblatt.

Tesla: BOMBA sobre dados VAZADOS preocupa Elon Musk
Tesla: BOMBA sobre dados VAZADOS preocupa Elon Musk

A Tesla, uma das empresas queridinhas o bilionário estadunidense Elon Musk, teve dados vazados pela agência de notícias alemão Handelsblatt, o que acabou incomodando demais o excêntrico patrãozinho.

Os dados vazados são relacionados ao Ful Self-Driving (FSD), recurso de direção automática da Tesla.

A princípio, os dados vazados pela Handelsblatt, são de um período entre os anos de 2015 e março de 2022 e se tratam de aproximadamente 4 milhões relatórios de clientes da Tesla dos Estados Unidos, Europa e Ásia.

Todos sobre uma mesma questão: problemas com o recurso FSD.

O vazamento trouxe à tona as práticas da Tesla na sua relação com seus clientes que entram em contato com a empresa fazer alguma reclamação, principalmente em relação ao FDS.

Além disso, a manutenção dos dados dos clientes também foi outra situação preocupante e que também veio da tona.

Tudo isso levantou questões sobre a segurança dos automóveis Tesla e a responsabilidade da empresa com seus clientes.

Arquivo mostra dados vazados da Tesla

A Handelsblatt teve acesso a um arquivo com 100GB de dados de atendimento ao cliente da Tesla e revelou problemas sérios do sistema FSD.

As principais reclamações foram:

  • 2.400 casos de aceleração não solicitada
  • 1.500 problemas de frenagem.
  • 383 casos de “paradas fantasmas”, onde o veículo para devido a falsos avisos de colisão.

O freio repentino e aceleração inesperada, com certeza são situações bastante preocupantes e que necessitam da devida atenção da empresa de Musk.

Até porque, acidentes aconteceram por conta disso, onde os carros da Teslas chegaram a bater tanto em outros carros, como em paredes.

Todavia, os detalhes dos acidentes permanecem em sigilo pois, pelo menos por enquanto, a Handelsblatt não divulgou.

Segundo a Handelsblatt, a Tesla possui um protocolo de “revisão técnica” muito peculiar, só fornecem informações verbais aos clientes

De acordo com a Tesla, a empresa não pode repassar esses dados por e-mails, mensagens de texto ou mensagens de voz para os clientes.

Mais descobertas da Handelsblatt

Outra descoberta da Handelsblatt, foi que em certos casos, a Teslas informa que “ não é possível evitar o envolvimento de um advogado” em seus relatórios de incidentes.

A forma como a empresa respondeu aos questionamentos da Handelsblatt foi através de uma exigência da exclusão das informações que o veículo de comunicação vazou.

A Tesla chegou a falar em “roubo de dados”, porém, o editor-chefe da Handelsblatt, Sebastian Matthes, esclareceu que os dados foram fornecidos por “vários informantes” e que não é possível forcecer detalhes sobre a fonte.

O vazamento das informações levou a Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário dos Estados Unidos (NHTSA) a abrir uma investigação.

Por conta da situação, a Tesla retirou mais de 360 mil veículos com o recurso FSD, por conta dos “riscos de acidentes”.

Por fim, para mais notícias sobre tecnologias e Elon Musk, clique aqui.