no , , ,

Saque de mais de R$ 6 MIL está DISPONÍVEL. Veja quem tem direito!

Determinado grupo de brasileiros tiveram um saque de mais de R$ 6 mil disponibilizado pelo governo. Veja do que se trata e quais famílias tem direito a receber o valor!

Saque de mais de R$ 6 MIL DISPONIVEL
Saque de mais de R$ 6 MIL DISPONIVEL

Um saque no valor de mais de R$ 6 mil foi colocado a disposição para um determinado grupo de famílias brasileiras e como esse é um valor que não se pode desconsiderar, vamos saber do que se trata.

Até porque, uma ajuda financeira, ainda mais com um valor desse, não faz mal a ninguém, né!

No entanto, existem alguns critérios que as famílias precisam atender para poder realizar o saque dos R$ 6,2 mil.

Dessa forma, vamos conferir a seguir quais são esses critérios, quem tem direito e qual a origem desse dinheiro.

Saque de mais de R$ 6 mil liberado

Primeiramente, é fundamental deixar claro que a origem do pagamento de mais de R$ 6 mil é o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

O FGTS, como é de conhecimento geral, é uma poupança que os trabalhadores de carteira assinada e servidores públicos tem direito.

Seus recursos vêm do recolhimento mensal de um valor referente a 8% do salário do funcionário, pago pelo empregador ao INSS e depositado na conta do FGTS do funcionário(a).

Dessa forma, durante os anos que o trabalhador estiver empregado(a), esse valor se acumula e cria uma poupança significativa.

Entretanto, apesar dessa poupança ser do trabalhador(a), existem regras para que ele/ela tenha acesso ao dinheiro. Ou seja, o trabalhador não tem acesso aos valores do FGTS na hora que ele quiser.

A forma de saque mais tradicional do FGTS é o Saque-rescisão, que o trabalhador(a) tem direito a fazer no caso de demissão sem justa causa.

No entanto, no nosso caso do saque de R$ 6,2 mil, estamos falando sobre o Saque calamidade do FGTS.

O Saque Calamidade funciona como uma forma de assistir os trabalhadores que foram atingidos(a) por desastres naturais em suas cidades.

Assim, o trabalhador pode usar o dinheiro para a reconstrução de seu imóvel.

No caso em questão, o Saque Calamidade, no valor de R$ 6.200 está disponível para os trabalhadores que possuem saldo na conta do FGTS e moram em cidades do Rio Grande do Sul que foram atingidas pelo ciclone.

Como Receber

Atualmente o Saque Calamidade está disponível para trabalhadores de algumas cidades dos seguintes estados:

  • Pernambuco
  • Rio Grande do Sul
  • Alagoas
  • Paraná
  • Santa Catarina

Entre as situações que são consideradas como desastres naturais e que dão direito ao Saque Calamidade estão, a saber:

  • Vendavais
  • Alagamentos
  • Tempestades
  • Enchentes
  • Furacões
  • Ciclones tropicais e extratropicai
  • Tufões
  • Enxurradas
  • Tornados
  • Inundações graduais e ruscas
  • Trombas d’água
  • Granizos
  • Inundações causadas por invasões do mar e rompimento de barragens que cause danos às casas e famílias.

Cabe destacar que existe um prazo para o trabalhador solicitar o saque. A consulta de quem tem direito e o prazo limite pode ser feita pelo da Caixa Econômica Federal.

Quem preferir ou não tiver acesso a internet, pode comparecer presencialmente a uma agência da Caixa Econômica Federal.

Lembre-se de levar:

  • Comprovante de residência atual
  • Documento de identificação com foto
  • CPF
  • CTPS.

Através do aplicativo FGTS também é possível fazer a consulta.

Por fim, para mais notícias sobre o FGTS, clique aqui.