no , , , ,

Regra para AUMENTO no preço da GASOLINA pode mudar e motoristas comemoram. Confira!

Projeto de Lei propõe mudança na regra que permite o aumento no preço da gasolina e demais combustíveis. Motoristas serão beneficiados.

Regra para AUMENTO no preco da GASOLINA pode mudar
Regra para AUMENTO no preco da GASOLINA pode mudar

O preço da gasolina, assim como dos demais combustíveis, é uma das principais preocupações dos motoristas brasileiros/brasileiras há muitos anos e apesar da nova política de preços da Petrobras ter contribuído para a redução dos preços, o valor por litro ainda é caro.

Se levarmos em consideração todos os gastos que envolvem a pessoa ter um carro, pode-se dizer que o possuir um carro voltou a ser coisa de “rico” no Brasil.

Primeiramente, o cidadão tem que pagar um valor médio de R$ 3 mil par adquirir a carteira de motorista (CNH).

Posteriormente, além de comprar o carro, ainda vem uma série de impostos como emplacamento, IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), entre outros.

Sem contar a manutenção, troca de peça e por aí vai…

Entretanto, o preço da gasolina continua a ser a principal preocupação.

Contudo, um novo Projeto de Lei (PL) pode dar uma força aos motoristas no que diz respeito aos aumentos abusivos praticados pelos postos de combustível.

Ficou curioso ou curiosa para saber sobre esse projeto de lei? Pois é só ler o texto a seguir.

Projeto de lei pode impedir aumento do preço da gasolina

Apesar da excelente notícia sobre o PL que pretende barra o aumento abusivo do preço dos combustíveis, nem todos os brasileiros podem comemorar.

Isso porque, o Projeto de Lei, de autoria do deputado Joaquim Roriz Neto (Partido Liberal), é destinado apenas ao Distrito Federal (DF).

De acordo com a proposta, os postos de gasolina não poderão mais reajustar o valor do combustível logo após a Petrobras anunciar o aumento.

Todos sabemos que é prática comum entre os empresários, donos de postos de combustível, aumentarem o valor da gasolina ou etanol, logo após o anúncio do Petrobras.

Isso acontece mesmo quando o posto ainda possui combustível estocado, mas vendem o combustível com o novo preço.

Contudo, o PL ainda não foi posto em pauta, sendo assim, não há expectativa de quando passará a valer.

Primeiramente, o PL precisa da aprovação da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), através das comissões.

Em seguida, deve ir ao plenário da casa, onde precisa da aprovação da maioria dos deputados. Em caso de aprovação, o PL segue para sansão ou veto, do governador do Distrito Federal.

Cálculo do valor do combustível

O aumento do preço da gasolina prejudica todo o país e não somente os motoristas de carros particulares ou empresas de transporte.

Afinal de contas, todos os produtos que estão nas prateleiras dos mercados, precisam ser transportados por algum veículo, que consome combustível.

Ou seja, quanto mais caro a gasolina, mais cara ficam todos os produtos e também serviços.

O Brasil é um país autossuficiente de petróleo a Petrobras é a nossa petrolífera, estatal, responsável por toda a política de combustíveis do país.

Por ser uma estatal, o Governo é o maior acionista e controla a política de reajuste nas refinarias.

Porém, apesar da política de preços dos combustíveis ser uma determinação da Petrobras, é o mercado internacional que mais interfere no valor da nossa gasolina.

O preço do barril do petróleo e o preço do dólar, são os principais fatores que influenciam no preço da gasolina.

Por fim, para mais notícias sobre o preço da gasolina, clique aqui.