no , ,

Programa Lula impulsiona setor automotivo com descontos em carros populares e atrai montadoras

Programa Lula reduz custo dos carros populares e atrai montadoras

Governo Lula impulsiona setor automobilístico
Governo Lula impulsiona setor automobilístico

Em menos de três semanas após o lançamento do programa do governo Lula, voltado à redução do custo dos carros populares, já foram destinados 84% dos recursos previstos para esse financiamento. Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), as montadoras solicitaram, até o momento, R$ 420 milhões dos R$ 500 milhões disponíveis em créditos tributários para oferecer descontos aos consumidores.

Como funcionam os descontos?

Os descontos variam de R$ 2 mil a até R$ 8 mil no preço dos veículos de até R$ 120 mil. A compra é exclusiva para pessoas físicas e foi prorrogada por mais 15 dias na última terça-feira (20). Após esse prazo, as empresas, incluindo locadoras, também poderão aproveitar os descontos, desde que ainda haja recursos disponíveis.

As montadoras que aplicarem o desconto na venda ao consumidor receberão um crédito tributário. Isso significa que poderão abater os valores de impostos devidos ao governo.

Quais montadoras estão participando do programa?

Nove montadoras estão participando do programa, totalizando 266 versões de veículos incluídos na iniciativa. Isso representa 32 modelos diferentes. O painel do MDIC aponta que os benefícios concedidos para veículos de transporte de passageiros alcançaram R$ 140 milhões, enquanto os destinados a veículos de transporte de cargas somaram R$ 100 milhões.

Qual é o objetivo do programa Lula?

O programa Lula tem como objetivo fomentar a indústria automobilística e, ao mesmo tempo, facilitar o acesso da população a veículos com preços mais acessíveis. Com a redução do custo dos carros populares e a oferta de descontos, o governo espera estimular a economia e gerar mais empregos no setor automotivo.