no , ,

Presidente Lula cancela encontro com líderes da Câmara: agenda e feriado afetam reunião

Presidente Lula cancela reunião com líderes da Câmara dos Deputados

Lula: reunião com líderes da Câmara é cancelada
Lula: reunião com líderes da Câmara é cancelada

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) cancelou nesta segunda-feira (5.jun.2023) uma reunião que estava prevista com os líderes da Câmara dos Deputados no Palácio do Planalto. Segundo o líder do PT na Câmara, Zeca Dirceu, o motivo seria um problema na agenda do presidente, enquanto o ministro da Secom, Paulo Pimenta, alegou falta de quorum devido à semana atípica por conta do feriado.

Motivos do cancelamento

A presença do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), em São Paulo para um evento do Esfera Brasil, também teria influenciado no cancelamento. A reunião será remarcada para a próxima semana, mas ainda não há uma data definida.

O que estava em pauta?

A reunião tinha o objetivo de aproximar Lula dos líderes no Congresso e melhorar a articulação entre governo e parlamentares, em busca de distensionar a relação entre as partes. O encontro estava previsto para ocorrer às 17h com os líderes da Câmara e às 18h com os líderes do Senado, ambos no gabinete da Presidência.

Derrotas recentes e busca por aproximação

Nos últimos dias, o governo enfrentou algumas derrotas no Congresso, como a aprovação do marco temporal que restringe a demarcação de terras indígenas e a reestruturação da Esplanada com o esvaziamento dos ministérios do Meio Ambiente e dos Povos Indígenas.

Lula recebeu Arthur Lira para um café da manhã no Planalto, buscando estreitar os laços e fortalecer o diálogo entre o governo e o presidente da Câmara dos Deputados.

Próximos passos e expectativas

Ainda não há uma nova data para a reunião, mas o Planalto deve buscar um novo agendamento em breve para retomar as conversas e articulações com os líderes no Congresso. Enquanto isso, os deputados estão liberados para se ausentar de Brasília nesta semana, já que as deliberações ocorrerão de forma remota.

A tentativa de aproximação e a retomada do diálogo são importantes para o governo Lula, que busca fortalecer seus laços com o Congresso e avançar na aprovação de pautas de interesse do Executivo.