no , , ,

Preço da Gasolina: ICMS aumentou preço do combustível?

Com a volta gradual da cobrança do ICMS, o preço da gasolina aumentou novamente, mas a redução do dólar e a nova política de preço da Petrobrás equilibrou o valor do combustível.

Preço da Gasolina ICMS mudou preço do combustivel?
Preço da Gasolina ICMS mudou preço do combustivel?

O preço da gasolina se tornou um enorme problema para o país nos últimos anos, quando a Petrobrás resolveu adotar uma política de preços de paridade internacional, na qual o preço do combustível vendido pela estatal brasileira deveria ter como referência, o preço do mercado internacional, o que aumentou absurdamente valor do combustível.

A política de paridade da Petrobrás, somadas as políticas econômicas que ajudaram a desvalorizar a moeda brasileira diante do dólar, foi inevitável a explosão no preço da gasolina.

Gasolina que em 2016 tinha o preço médio no país de R$ 2,50 por litro, chegou a custar mais de R$ 10 por litro durante a pandemia da Covid-19.

Todavia, na semana passada alguns postos de gasolina no país chegaram a cobrar R$ 4,85 por litro, mas essa semana o preço voltou a aumentar.

A seguir, explicaremos os motivos dessas variações no preço da gasolina.

Preço da Gasolina aumentou por causa do ICMS

O aumento mais recente no preço da gasolina tem relação com a volta gradual da cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Acontece que durante o período eleitoral do ano passado, o então presidente “Imbrochável” Jair(fugindo) Bolsonaro (PL), resolveu, através de uma canetada, suspender a cobrança do ICMS para barretear o preço da gasolina.

A medida teve efeito, ao mesmo tempo que causou um rombo nos cofres dos estados, pois é um imposto estadual e agora os governadores cobram esse dinheiro do governo federal, no caso, do presidente Lula (PT).

Assim, no início do ano, o Ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), confirmou a volta da cobrança do ICMS de forma gradual.

E foi justamente essa cobrança do ICMS, que causou o novo aumento no preço da gasolina essa semana.

O ICMS é um dos principais impostos pagos sobre prestação de serviços e a comercialização de produtos no país.

Ele incide sobre diversos serviços e bens, como é o caso da gasolina.

O novo aumento foi sentido em pelo menos 20 estados incluso o Distrito Federal (DF).

Combustível teve aumento em 20 estados e redução em 3

Ademais, a situação atual fez com que o preço médio da gasolina aumentasse em 20 estados brasileiros, incluindo Distrito Federal, nesta última semana.

A informação é da Agência Nacional de Petróleo, Biocombustíveis e Gás Natural (ANP).

De acordo com os dados da Agência, os únicos estados que não tiveram aumento no valor do combustível foram:

  • Amazonas
  • Piauí
  • Alagoas

Assim, com a unificação da cobrança do ICMS entre todos os estados brasileiros, o imposto passa a ter um único valor de R$ 1,22 por litro em todo o país.

Conforme a pesquisa da ANP, o valor médio da gasolina passou para R$ 5,42 para R$ 5,21 do início do mês, como falamos anteriormente.

De qualquer forma, com o amento dessa semana, o valor médio da gasolina no país passou a ser de R$ 5,65.

Estado têm primeira redução após alteração

O estado do Espírito Santo teve queda nos valores da gasolina após a mudança da tributação do ICMS.

De acordo com a ANP, o preço médio do litro do combustível caiu em R$ 0,05 nos postos de combustível do estado após a retorno do IMCS.

Essa é a primeira redução após a implementação da mudança, que passo de R$ 5,37 essa semana em comparação aos R$ 5,42 da semana anterior.

Por fim, para mais notícias sobre o preço do combustível, clique aqui.