no , , ,

Portugal pode ajudar Brasil no acordo Mercosul-UE

Acordo comercial entre Mercosul e União Europeia que está paralisado, pode ter Portugal como aliado do Brasil na retomada das negociações entre os blocos.

Portugal pode ajudar Brasil no acordo Mercosul-UE
Portugal pode ajudar Brasil no acordo Mercosul-UE

Após ter sido aprovado em 2019, depois de mais de 20 anos de negociação, o acordo Mercosul e a União Europeia de livre comércio, está paralisado desde então. E quem pode ajudar o Brasil na retomada da negociação pela concretização do acordo, segundo o Itamaraty, é Portugal.

De acordo com o governo brasileiro, Portugal atua pela formalização do acordo.

Segundo o primeiro-ministro português Antônio Costa disse, em outubro do ano passado, caso não haja a ratificação do acordo, isso seria um “erro histórico”.

A saber, o acordo Mercosul-União Europeia de livre comércio precisa ser ratificado pelos parlamentos de todos os países dos dois blocos para ter validade.

O que não é fácil, visto que envolve a assinatura de 31 nações.

O acordo abrange desde questões tarifárias quanto de natureza regulatória, por exemplo:

– serviços

– compras governamentais

– facilitação de comércio

– barreiras técnicas

– medidas sanitárias

– fitossanitárias

– propriedade intelectual.

Comércio e investimentos entre Brasil e Portugal

Abaixo, segue alguns números do comercio entre Brasil e Portugal.

Em 2022, foram US$ 5,26 bilhões em acordos entre os dois países, um aumento de 50,8% em relação ao ano anterior.

Sendo que desse total, as exportações brasileiras representam US$ 4,27 bilhões.

O campo do petróleo representa 59% do volume total das exportações do Brasil para Portugal.

Enquanto que produtos agrícolas soam 20% do total exportado.

Em contrapartida, os produtos agrícolas portugueses representam cerca de 45% das importações feitas pelo Brasil.

Em relação a investimentos, Portugal é o 16º país com mais investimentos no Brasil, com US$ 10,7 bilhões, de acordo com informações do Banco Central.

Porém, é no setor energético (exploração e produção de petróleo e gás, além de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia) que está a maior parte dos investimentos portugueses no Brasil.

Já os investimentos do Brasil em Portugal estão na casa dos US$ 4,2 bilhões, com foco principal nos setores aeronáutico, siderúrgico, turismo, hotelaria, hospitalar e infraestrutura.

Lula em Portugal

O presidente Lula chegou Portugal no dia 21, mas seus compromissos oficiais só começaram na amanhã do dia seguinte.

Lula participou de uma cerimônia de boas-vindas na Praça do Império, em frente ao Mosteiro do Jerônimo, e da deposição de flores junto ao túmulo do poeta português Luís de Camões, no interior do mosteiro.

Posteriormente, Lula se encontro com o presidente Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém.

Em seguida, Lula almoçou com o primeiro-ministro Antônio Costa e, à tarde, participou da 13ª Cúpula Luso-Brasileira, no Centro Cultural de Belém, no qual foram assinados acordos bilaterais.

Por fim, segundo o Palácio do Planalto, foram assinados pelo menos 13 acordos e parcerias com o governo português.

Para mais notícias sobre o governo Lula, clique aqui.