no , ,

Pomadas Modeladoras: Anvisa emite COMUNICADO URGENTE!

Anvisa alertou empresas que informem nos rótulos das pomadas modeladoras os riscos e possíveis efeitos colaterais do produto. Veja o que muda!

Pomadas Modeladoras: Anvisa emite COMUNICADO!
Pomadas Modeladoras: Anvisa emite COMUNICADO!

A Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) é responsável pelo controle sanitário da produção e consumo de produtos e serviços submetidos à vigilância sanitária e caso as coisas não estejam de acordo com suas exigências, como foi o caso das pomadas modeladoras, ela pode suspender a produção e a comercialização de determinado produto.

De acordo com a Anvisa, testes em pomadas modeladoras apresentaram riscos a saúde das pessoas e por conta disso, a Agência emitiu um comunicado.

Portanto, a seguir vamos saber todos os detalhes do comunicado que a Anvisa emitiu sobre os riscos das pomadas modeladoras.

Anvisa e as pomadas modeladoras

Apesar da grande maioria das pessoas não saberem, a Anvisa fiscaliza todos os produtos que chegam as residências dos consumidores(a) brasileiros(a).

O papel da Agência é fiscalizar não só a qualidade dos produtos, mas também analisar os possíveis riscos aos consumidores.

Dessa forma, a Anvisa fiscaliza e supervisiona a produção de mercadorias para que elas não prejudiquem a saúde dos consumidores

Como foi no caso das pomadas reguladores, onde a Anvisa se viu obrigada a emitir um comunicado.

Conforme comunicou a Anvisa no dia 15 de setembro, entrou em vigor desde a data citada, novas regras para a venda das pomadas modeladoras.

A saber, as pomadas modeladoras são muito usadas por cabelereiros profissionais que trabalham com modelagem, fixação de fio e tranças de cabelo.

Com essa determinação, a Anvisa visa proporcionar uma maior segurança para quem utiliza as pomadas modeladoras.

De acordo com a Anvisa, se fazia necessário um novo processo de regularização mais cuidadoso para a produção e venda dessas pomadas.

A razão dessa nova determinação foram os inúmeros casos onde vários estados do país onde o produto causou danos aos consumidores.

Entre os sintomas sentidos pelas pessoas que usaram as pomadas, existe até cegueira temporária.

Segundo a Anvisa, a agência continua realizando testes para saber se será necessário fazer mais algum tipo de intervenção na produção das pomadas modeladoras.

Sobre as novas normas

Entre as novas regras determinadas pela Avisa para a comercialização das pomadas modeladores, estão:

  • Novos requisitos de advertência
  • Informações técnicas e
  • Modo de uso.

Além disso, a Anvisa também exigiu um novo registro sanitário para que ocorra a regularização das pomadas.

Portanto, a partir de agora, as empresas que produzem pomadas modeladoras estarão submetidas a uma regularização, que tem o objetivo de garantir uma maior segurança ao produto.

Sem contar a nova licença sanitária, que também será preciso.

Mas as mudanças nas regras de comercialização das pomadas modelaras não param aí. A Anvisa também determinou a criação de um novo rótulo, com a descrição das seguintes informações:

  • Explicação da quantidade ideal
  • Orientações de uso

Outra mudança significativa é na fórmula, visto que a Anvisa determinou uma redução para no máximo 20% de álcoois etoxilados.

A Agência ainda faz estudos sobre segurança ocular e cutânea dos medicamentos.

O prazo que a Anvisa deu para as empresas comercializarem as pomadas modeladoras com o rotulo antigo foi de 180 dias.

Logo após o fim desse prazo, todas as regras criadas pelo órgão passam a valer.

Por fim, para mais notícias sobre o órgãos do governo federal, clique