no , , , , ,

PIS/Pasep 2023 está LIBERADO! Veja calendário COMPLETO

Abono do PIS/Pasep 2023, é pago a trabalhadores do setor privado e servidores públicos. Veja quem tem direito e o cronograma completo de pagamento.

PIS Pasep 2023 esta LIBERADO! Veja calendario
PIS Pasep 2023 esta LIBERADO! Veja calendario

O PIS/Pasep 2023 deu início no dia 15 de junho o pagamento de mais um grupo de beneficiários do abono salarial pago aos trabalhadores de carteira assinada (CLT) e aos servidores públicos.

O abono de 2023 tem como ano-base de pagamento, o ano de 2021.

Ou seja, os trabalhadores que tem direito a receber o benefício esse ano, são os que trabalharam, pelo menos 1 mês de carteira assinada, em 2021.

Ao todo, quatro grupos tem a receber um valor de até R$ 1.320.

Assim, acompanhe abaixo todas as informações importantes sobre o pagamento do PIS/Pasep 2023.

Abono salarial do PIS/Pasep 2023: quem tem o direito de receber?

O PIS/Pasep é um tipo de décimo quarto salário para os trabalhadores brasileiros.

O PIS (Programa de Integração Social) representa os trabalhadores que se encontram sob o regime da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), que são os trabalhadores que possuem carteira assinada e é pago pela Caixa Econômica.

Enquanto o PASEP (Programa de Formação Patrimonial do Servidor Público), como o próprio nome já diz, é pago aos servidores públicos pelo Banco do Brasil.

De acordo com o INSS, em julho de 2023 vão receber o PIS/Pasep aproximadamente 4 milhões de trabalhadores e trabalhadoras.

O trabalhador(a) pode consultar se tem direito e caso tenha, quanto tem disponível, através do aplicativo da Carteira de Trabalho Digital ou no portal gov.br.

Quem tem direito ao abono salarial do PIS/Pasep 2023?

– Inscritos no programa há pelo menos 5 anos;

– Receberam até dois salários mínimos no ano-base;

– Tenham trabalhado por mínimo 30 dias;

– Tenham os dados informados pelos seus empregadores no Relatório Anual de Informações Sociais (Rais).

Neste ano, os pagamentos feitos se referem ao ano-base de 2021.

Trabalhadores rurais ou urbanos que para pessoa física, como as domésticas, por exemplo, não têm o direito de receber o PIS/Pasep.

Outras informações sobre o PIS/Pasep 2023, benefícios, seguro desemprego entre outros, podem ser obtidas através do aplicativo Caixa Trabalhador.

Também é possível tirar qualquer dúvida através do número 158, do atendimento do Ministério do Trabalho. A saber, a ligação é gratuita.

Quais são as datas de pagamentos dos próximos grupos?

No dia 15 de junho foi liberado o PIS/Pasep 2023 para os trabalhadores nascidos nos meses de setembro e outubro.

Enquanto que no Pasep, o calendário segue o dígito final do número de inscrição do servidor público. Desta forma, recebem aqueles trabalhadores que têm a inscrição com finais 6 ou 7.

A data de pagamento é a mesma do PIS: 15 de junho

Valores e datas de pagamento do abono

O salário mínimo passou por um reajuste no início do mês de maio e aumento para R$ 1.320.

A quantia que cada pessoa recebe é conforme os meses em que ela trabalhou no ano base, no caso 2021.

Além disso, o valor máximo é de um salário mínimo.

Meses         Valor

1        R$ 110,00

2        R$ 220,00

3        R$ 330,00

4        R$ 440,00

5        R$ 550,00

6        R$ 660,00

7        R$ 770,00

8        R$ 880,00

9        R$ 990,00

10      R$ 1.100,00

11      R$ 1.210,00

12      R$ 1.320,00

O PIS é pago conforme o mês de nascimento do trabalhador e o Pasep de acordo com o número final de inscrição do servidor.

O novo valor das parcelas não terá retroativo, portanto só será válido para quem ainda não teve a liberação do abono.

PIS

15/02: nasceram entre janeiro e fevereiro;

15/03: nasceram entre março e abril;

17/04: nasceram entre maio e junho;

15/05: nasceram entre julho e agosto;

15/06: nasceram entre setembro e outubro;

17/07: nasceram entre novembro e dezembro.

Pasep

15/02: possui final 0;

15/03: possui final 1;

17/04: possui final 2 ou 3;

15/05: possui final 4 ou 5;

15/06: possui final 6 ou 7;

17/07: possui final 8 ou 9.

Por fim, para mais notícias sobre o PIS/Pasep 2023, clique aqui.