no , , , , , ,

Novo BENEFÍCIO para ESTUDANTES. Confira quem tem direito!

O governo Federal possui uma série de auxílios direcionados para grupos específicos e o mais novo benefício agora vai contemplar estudantes do ensino médio. Confira quais são os critérios!

Novo BENEFICIO para ESTUDANTES. Confira quem tem direito!
Novo BENEFICIO para ESTUDANTES. Confira quem tem direito!

Mais um novo benefício está sendo elaborado pelo governo federal e agora, quem vai se beneficiar são os estudantes do ensino médio das escolas da rede pública de educação de todo o país.

Segundo as primeiras informações, o novo benefício será em formato de poupança, que os alunos só poderão ter acesso após a conclusão do ensino médio.

Portanto, a seguir vamos conhecer todos os detalhes dessa nova aposta do governo Lula, que tem como objetivo principal, a redução da evasão escolar.

Conheça o novo benefício para estudantes do Governo Federal

Um dos principais desafios do atual cenário da educação de base do Brasil é a evasão escolar. Ou seja, há um grande número de estudantes da rede pública de ensino, que estão abandonando a escola antes da conclusão do ensino médio.

De acordo com o último Censo Escolar de Educação Básica (CEEB), feito no ano passado, mais de um milhão de crianças e adolescentes estão fora das salas de aula:

Abaixo, seguem os números da evasão escolar por faixa etária de acordo com os dados do CEEB.

  • 4 anos: 399.290
  • 5 e 6 anos: 151.985
  • 14 aos 16 anos: 250.497
  • 17 anos: 241.641

É possível que esse alto número de evasão ainda tenha alguma relação com os efeitos da pandemia de Covid-19 e todas as implicações socioeconômicas provocadas pelo isolamento social.

O problema da evasão escolar é um desafio que deve ser enfrentado de frente, tanto pelo governo federal, como pelos governos estaduais e municipais, visto que é dever deles, garantir o acesso igualitário a educação, assim como a permanência dos estudantes na escola.

No estado do Rio de Janeiro, um estudo da Firjan SESI (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) apontou que a evasão escolar, especificamente, no Ensino Médio, traz uma série de prejuízos ao governo, inclusive financeiros.

Segundo os estudos, um aluno fora da sala de aula provoca uma perda de aproximadamente R$ 395 mil por ano ao estado.

Isso é um grande problema, principalmente se considerarmos que apenas 60,3% dos jovens até 24 anos, possuem o ciclo escolar básico completo.

Veja como funciona o programa

É importante destacar, que o programa que vai conceder o benefício aos estudantes ainda está em fase de elaboração do pelo governo federal. A pasta responsável pela sua elaboração é o Ministério da Educação.

Após a sua conclusão, o governo vai enviar o programa ao Congresso Nacional, que se aprová-lo, vai garantir uma poupança para o estudante da escola pública que concluir o ensino médio.  

Além disso, para ter direito ao benefício, a família do estudante também precisa fazer parte do Bolsa Família ou pelo menos estar inscrita no CadÚnico. Visto que, o programa é feito para os estudantes de famílias de baixa renda.

Dessa forma, será aberta uma conta poupança para cada estudante, na qual o governo depositará mensalmente uma determinada quantia, ainda indefinida.

Uma parte desse valor poderá ser sacado pelo estudante ao final de cada ano letivo e o restante, apenas após a conclusão do ensino médio.

A comprovação da frequência escolar é essencial, em ambos os casos, para que o estudante tenha direito a receber os valores.

Ou seja, essa é uma política com o objetivo muito claro, que visa acabar com a evasão dos estudantes das escolas públicas de país.

Segundo a pesquisa da Ferijan SESI, caso o governo consiga chegar a 90% de estudantes concluindo o Ensino Médio, conseguira ter uma economia de R$ 135 bilhões por ano.

Por fim, para mais notícias sobre benefícios do governo federal, clique aqui.