no , ,

Márcio França usa foto de Lula para comentar ingresso do Republicanos no governo

Foto de Lula serve como comentário para entrada do Republicanos no governo por Márcio França

Em uma movimentação política que chamou a atenção, o ministro Márcio França (PSB), antigo ministro de Portos e Aeroportos, utilizou uma foto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos) para comentar a entrada do Republicanos no governo. Esta ação ocorreu na quarta-feira, dia 6 de setembro de 2023.

É relevante mencionar que o atual governador de São Paulo é um dos principais adversários políticos de França em São Paulo. A foto utilizada pelo ministro não foi escolhida aleatoriamente, mas pareceu transmitir uma mensagem nas entrelinhas da política paulista e nacional.

Por que Márcio França perdeu o Ministério de Portos e Aeroportos?

Com a reforma ministerial de Lula, França foi retirado do Ministério de Portos e Aeroportos e direcionado para a ainda inexistente pasta do Ministério das Micro e Pequenas Empresas, que atualmente é uma secretaria subordinada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. O deputado e presidente estadual do Republicanos em Pernambuco, Silvio Costa Filho, assumiu o posto de França. Inicialmente, Costa Filho estava cotado para substituir a ministra Ana Moser, de Esportes. Posteriormente, cogitou-se sua colocação no novo Ministério das Micro e Pequenas Empresas. Contudo, após debates, restou a ele o Ministério de Portos.

Quais as implicações das mudanças políticas?

Afastado do Ministério de Portos e Aeroportos, França não se fez tímido e lançou um comentário na rede social direcionado a seu opositor político paulista, Tarcísio de Freitas, ao postar a foto com Lula. Em suas palavras: “Posso garantir que o Silvio Costa Filho é um grande político, muito preparado e filho de um grande amigo meu. Nos ajudará na tarefa de promover a União e Reconstrução que o Brasil tanto precisa. Saúdo Lula por trazer para o governo Tarcísio e seu partido para nos apoiar. O Brasil voltou”.

Com a mudança, outros políticos também migraram no governo. André Fufuca (PP-MA), por exemplo, assumirá o Ministério do Esporte. Essa e outras alterações confirmam a entrada de dois partidos que compõem o núcleo do Centrão no governo. O movimento é estratégico e demonstra a tentativa de Lula de atrair esses partidos para sua base de apoio em seu terceiro mandato.