no , ,

Mais uma QUEDA no PREÇO da gasolina SURPREENDE motoristas!

Motoristas foram pegos de surpresa com mais uma queda no preço da gasolina nos postos de combustível. Redução não havia sido anunciada.

Mais uma QUEDA no PRECO da gasolina
Mais uma QUEDA no PRECO da gasolina

Os preços dos combustíveis são sempre motivo de muita preocupação para os motoristas brasileiros(a), entretanto, o início de setembro trouxe boas notícias sobre a queda no valor final da gasolina e pegou muitas pessoas de surpresa.

O preço dos combustíveis, principalmente o da gasolina, teve uma queda no mês de setembro, dando um suspiro para os motoristas na hora de abastecer.

Todos se lembram do pico do preço da gasolina em 2022, quando o litro chegou a custar quase R$ 10 em algumas cidades do país.

Contudo, após a mudança de governo e a adoção pela Petrobras de uma nova política de preços, o valor dos combustíveis tem passado por um período de queda.

Portanto, a seguir vamos conferir qual foi o preço médio do litro da gasolina em todos os estados brasileiros no início de setembro.

Principais fatores responsáveis pela queda no preço da gasolina e demais combustíveis

Obviamente que, de modo geral, as pessoas estão preocupadas com o valor final do combustível, ou seja, com o preço que ele custa na bomba.

Consequentemente, os elementos que determinam o valor que o motorista paga na bomba, passam despercebidos pela grade maioria.

Por isso, vamos especificar alguns dos principais elementos que contribuem para determinar o preço da gasolina e demais combustíveis.

Primeiramente, o preparo da gasolina envolve várias etapas, que vão desde a extração do petróleo até a distribuição para os postos de combustível.

Também existe a política de preços que a Petrobras estabelece. Além disso, também tem o preço do dólar, que é a referência para o preço do barril de petróleo.

Muito provavelmente, esses dois fatores são os que mais contribuem atualmente para a queda ou o aumento do preço da gasolina.

Os custa da distribuição também é outro fator importante. O transporte das refinarias para os postos de combustível tem um impacto significativo no preço final da gasolina.

Não se esqueça que ainda existem os impostos, como por exemplo, o ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços).

Confira o valor por estado

De acordo com a ANP (Agência Nacional de Petróleo, Biocombustível e Gás Natural), o mês de agosto terminou com redução no preço dos combustíveis.

A gasolina, por exemplo, teve uma queda no preço de 0,17%. Enquanto o etanol teve uma queda de 0,26%.

O preço médio foi de R$ 5,87 para a gasolina e de R$ 3,85 para o etanol.

Por fim, em relação ao valor final para cada estado, segundo a ANP, os valores foram os seguintes:

Estado                     Gasolina     Etanol     

  • Sergipe                R$     6.37        4.79      
  • Pará                      R$     5.65       4.66      
  • Minas Gerais       R$     5.52       3.5        
  • Roraima               R$    5.95       4.94      
  • Distrito Federa    R$    5.81       3.77      
  • Mato G. do Sul    R$     5.55   3.55 
  • Mato Grosso        R$     5.68  3.36 
  • Paraná                  R$     6.24  4.36 
  • Santa Catarina     R$     5.91  4.47 
  • Ceará                   R$     6.31  4.77 
  • Goiás                    R$     5.71  3.62 
  • Paraíba                R$     5.88  4.19 
  • Amapá                 R$     5.62  5.6    
  • Alagoas               R$     5.81  4.3    
  • Amazonas           R$     6.58  4.75 
  • Rio G. do Norte   R$     6.4     4.92 
  • Tocantins            R$     6.31  4.54 
  • Rio G. do Sul       R$     5.74  4.56 
  • Rondônia            R$     6.58  4.9    
  • Pernambuco        R$     5.93  4.38 
  • Acre                     R$     6.64  4.74 
  • Rio de Janeiro     R$     5.63  3.94 
  • Bahia                    R$     5.97  4.42 
  • Maranhão             R$    5.56  4.29 
  • São Paulo            R$     5.64  3.48 
  • Piauí                    R$     5.88  4.35 
  • Espírito Santo      R$     5.69  4.14 

Os valores são referentes à última semana do mês de agosto.

Por fim, para mais notícias sobre queda ou aumento no preço da gasolina e demais combustíveis, clique aqui.