no , , ,

Lula lança NOVO AUXÍLIO para estudantes do ensino médio

Inspirado no Fies, governo federal anunciou o lançamento de novo Auxílio para estudante do ensino médio. Saiba quais são as regras e quem pode se beneficiar.

Lula lanca NOVO AUXILIO para estudante do ensino medio
Lula lanca NOVO AUXILIO para estudante do ensino medio

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), anunciou durante a sua última live semanal no Youtube, o lançamento de um novo auxílio, agora para estudantes do ensino médio da rede pública de educação.

O Bolsa-Poupança foi uma proposta da atual ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet (MDB), feita ainda durante a sua companha para presidente em 2022.

De acordo com a ministra, a ideia do auxílio é reduzir a evasão escolar dos estudantes do ensino médio da escola pública.

Portanto, vamos conferir a seguir todos os detalhes do Bolsa-Poupança, o novo auxílio do governo federal para estudantes do ensino médio.

Novo auxílio para estudantes do Ensino Médio

Além de promover a redução da evasão escolar entre os estudantes do ensino médio da rede pública, o novo auxílio também proporciona um apoio financeira aos estudantes e suas famílias.

É importante destacar, que a evasão escolar é um dos maiores desafios do governo com relação educação de jovens da escola pública.

Conforme anunciou o presidente Lula, a projeto do Bolsa-Poupança já está bem encaminhado, faltando apenas alguns detalhes para seu encaminhamento ao Congresso Nacional.

No entanto, alguns pontos polêmicos ainda precisam de maiores esclarecimentos.

A princípio, o novo auxílio contemplará estudantes do ensino médio da rede pública inscritos no CadÚnico e a expectativa é que os pagamentos comecem já no início de 2024.

Contudo, ainda será preciso encontrar verba no orçamento para poder bancar o Bolsa-Poupança.

A proposta do programa é realizar pagamentos mensais, que ficará à disposição dos estudantes apenas após a conclusão do ensino médio.

Contudo, as novidades não param por aí no auxílio para estudantes da rede pública.

O governo também fez o anúncio de um reajuste de 16% no Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar.

Isso significa um aumento de R$ 100 milhões no orçamento para o transporte estudantil de aproximadamente 4,6 milhões de crianças que vivem em áreas rurais.

Esse montante engloba gastos com:

  • Seguros
  • Licenciamentos
  • Serviços de mecânica
  • Aquisição de equipamentos
  • Combustíveis
  • Lubrificantes
  • Manutenção dos veículos

Governo Lula promove mais ações na área da educação

Através do novo PAC (Programa de Aceleração de Crescimento) o governo federal vai promover a compra de novos ônibus escolares.

Nesse primeiro momento, estão previstas a compra de 3 mil novos ônibus para o transporte de estudantes da rede pública.

Cabe destacar, que é dever constitucional do estado, garantir que os estudantes tenham como chegar à escola.

Esse, porém, é apenas mais um exemplo do compromisso do atual governo com a educação dos nossos jovens, pois através dessas medidas é possível   garantir condições favoráveis para a permanência e desenvolvimento dos estudantes.

Sendo assim, o novo auxílio para os estudantes do ensino médio da escola pública, se junta a outras ações para o fortalecimento da rede de educação do país.

Inegavelmente o novo auxílio para estudantes só fortalece o compromisso do governo com a democratização do acesso à educação, ao tempo que permite que alunos de diferentes realidades socioeconômicas tenham condições “iguais” para o seu desenvolvimento educacional e cognitivo.

Por fim, para mais notícias sobre programas do governo federal, clique aqui.