no , ,

Lula diz que Gonsalves Dias saiu do GSI “por conta própria”

Pressionado para demitir Gonsalves Dias após vazamento de imagens onde general supostamente aliado de Lula transitava entre os criminosos durante a invasão ao Palácio do Planalto, no 8 de janeiro

Lula diz que Gonsalves Dias saiu do GSI por conta propria
Lula diz que Gonsalves Dias saiu do GSI por conta propria

Caiu o primeiro ministro do governo Lula 3, foi general Gonçalves Dias, chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI). Sua exoneração aconteceu na quarta-feira, 19 e de acordo com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-ministro “saiu por conta própria”.

A afirmação foi feita a jornalistas pelo presidente na 5°feira, 20, enquanto se dirigia a um evento no Palácio do Planalto, em Brasília.

O vazamento das imagens do circuito interno do Palácio do Planalto do dia da invasão bolsonarista, mostram G. Dia, como é conhecido, no meio dos vândalos.

Essa situação foi uma apunhalada para Lula, que tinham completa confiança em G. Dias, que está ao lado do presidente, desde o governo Lula 1.

Gonsalves Dias é o primeiro ministro do governo Lula 3 a cair

Contudo, quem assumirá o comando do GSI, de forma interina é Ricardo Capelli, o mesmo que assumiu como interventor na segurança pública do Distrito Federal entre os dias 9 a 31 de janeiro, após o afastamento do governo Ibaneis Rocha (MDB), por suposta negligência nos atos do 8 de janeiro.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi quem decretou a intervenção no Distrito Federal, por conta dos ataques do 8 de janeiro.

Capello é secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Mesmo antes de assumir a presidência, a relação de Lula com GSI já estava esfacelada. Tanto que ainda durante a transição, o presidente já havia decidido que sua segurança pessoal seria feita pela Policia Federal e não pelo GSI.

O que só piorou após os ataques do 8 de janeiro, que como está claro para todo o país, só foi possível por conta da participação dos militares.

Obviamente que diante do fato, Lula se mostrou incômodo com presença de membros das Forças Armadas em cargos no GSI.

Isso levou Lula a dizer que houve facilitação para que os terroristas bolsonaristas invadissem o Planalto.

Vídeos mostram invasão do Palácio do Planalto

Antes da liberação dos vídeos, Lula acreditava que Gonsalves Dias, como chefe do GSI, havia sido, no mínimo, negligente.

Mas, como as imagens demonstram, aparentemente G, Dias estava mesmo era dando apoio aos vândalos, pois caminhava tranquilamente nas dependências do Palácio do Planalto entre os vândalos.

A imagens mostram G. Dias às 16h29, caminhando sozinho pelo Palácio, tentando abrir algumas portas.

Em seguida, Dias entra no gabinete presidencial e depois volta pelo mesmo corredor, conversa com os invasores e aponta a saída do prédio.

Além disso, os vândalos também ganharam garrafas de água dos militares que trabalhavam no GSI na época.

Por fim, para mais notícias sobre o governo Lula, clique aqui.