no , , , , , ,

INSS vai SUSPENDER pagamento de benefícios. Confira lista de corte!

Governo anunciou que pode suspender o benefício de milhões de segurados do INSS. Veja os motivos e saiba como evitar a suspensão.

INSS vai SUSPENDER pagamento de beneficios
INSS vai SUSPENDER pagamento de beneficios

O INSS é responsável pelo pagamento de benefícios previdenciário e sociais de aproximadamente 39 milhões de brasileiros e brasileiras e fazer o controle de todos esses segurados não é simples, por isso, periodicamente a autarquia faz revisões que podem levar o órgão a suspender o pagamento para certos beneficiários.

Além de ter que lidar diariamente com um milhões de dados dos seus segurados, o INSS ainda enfrentou um processo de sucateamento da instituição.

Para se ter uma ideia, recentemente, no final de 2022, houve um concurso para o INSS. Antes desse, o último concurso realizado para o INSS havia sido em 2016.

Essa situação levou uma defasagem quadro de profissionais da autarquia.

Independente disso, o INSS precisa ter um controle sobre o pagamento dos benefícios para evitar fraudes na concessão dos mesmos.

E é justamente para evitar essas fraudes, que o INSS toma algumas iniciativas de suspender benefícios com indícios fraudulentos.  

Portanto, vamos conferir a seguir quais são os motivos que levaram o INSS a comunicar que iria suspender o benefício de alguns dos seus segurados.

INSS vai suspender pagamento de benefícios

O INSS divulgou que pode suspender o benefício de milhões de segurados e compartilhou uma lista dos possíveis beneficiários suspensos.

Ao todo, 17 milhões de beneficiários precisam passar pela Prova de Vida em 2023 e quem o fizer, pode ter o benefício suspenso.

O proposito da prova de vida é comprovar que o beneficiário está vivo e portanto, evitar o pagamento de benefício fraudulento a alguém que já morreu.

A notificação para com solicitação para a realização da prova de vida, pode chegar através do aplicativo do Meu INSS do segurado.

Uma outra forma que o INSS usa para fazer a notificação é através de ligação do número 135, diretamente para o celular do segurado(a).

Após o receber o comunicado, o segurado tem 2 meses para realizar a prova de vida. Caso não o faça dentro desse prazo, o INSS realizará uma pesquisa externa para localizá-lo.

No entanto, se as informações disponíveis não forem suficientes, o INSS poderá suspender seu benefício por 30 dias.

Se dentro de um prazo de 6 meses o segurado não resolver a situação, o benefício será cancelado.

Outro fator que leva o INSS a suspender o benefício do segurado é a falta de atualização cadastral.

A autarquia divulgo uma lista com nome dos beneficiários que podem ter o benefício suspenso. Você pode conferir a lisa nesse link.

Nos casos de quem não puder comparecer presencialmente ao INSS, é possível solicitar do técnico do Instituto através da central de atendimento, pelo número 135.

Por fim, para mais notícias sobre o INSS, clique aqui.