no , , , , ,

Empréstimo consignado do INSS passa por mudança. Veja os detalhes!

Segurados do INSS tiveram uma excelente notícia com mudança na taxa de juros empréstimo consignado. Veja todos os detalhes dessa novidade!

Emprestimo consignado do INSS passa por mudanca
Emprestimo consignado do INSS passa por mudanca

O empréstimo consignado do INSS (Instituição Nacional do Seguro Social) passou por uma mudança extremamente significativa que vai beneficiar, e muito, todos os segurados da instituição.

A mudança diz respeito a taxa de juros da modalidade, que ficou menor.

Portanto, se você é segurado o INSS e adere ao empréstimo consignado da instituição, veja todos os detalhes dessa mudança e saiba como isso pode lhe beneficiar.

Empréstimo consignado do INSS

Aposentados e pensionistas do INSS estão comemorando a redução da taxa de juros do empréstimo consignado aprovado pelo Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS).

Apesar das taxas de juros do empréstimo consignado já ser menor do que das outras modalidades de empréstimo, visto que, como as parcelas são cobradas diretamente da folha de pagamento, uma redução dos juros é sempre bem-vinda.

Assim, com redução, a taxa passou de 1,97% ao mês, para 1,91%. A nova taxa já está em vigor desde o dia 21 de agosto.

Cabe destacar que a modalidade do empréstimo consignado é destinada aos segurados do INSS.

A confirmação da redução veio através da publicação feita pelo Ministério da Previdência Social no Diário Oficial da União.

Todavia, a redução tem validade apenas para os novos empréstimos, ou seja, quem já possui empréstimo consignado não terá redução nas próximas parcelas.

Mais informações sobre a modalidade

É importante destacar, que a maioria das instituições financeiras, já cobram juros abaixo do mercado para o empréstimo consignado do INSS.

Uma vez que entre 31 de julho e 4 de agosto, algumas instituições que oferecem o consignado já aplicavam uma taxa média de juros abaixo de 1,91%, mais alguns adicionais.

De acordo com publicação do Banco Central, os juros do empréstimo do INSS no cartão de crédito também tiveram uma redução.

Dessa forma, a taxa de juros para a modalidade de empréstimo pelo cartão de crédito passou de 2,89% para 2,83%.

Outra questão que também é preciso estar ciente, é que o empréstimo consignado possui um limite de comprometimento da renda de no máximo 35%.

Sendo assim, se o benefício do segurado for de R$ 1.320 o empréstimo pode comprometer até R$ 462 mensais.

Outra questão importante, é que o custo real do consignado do INSS pode ser maior do que os 1,91% por mês. Visto que também incidem sobre o valor do empréstimo, encargos fiscais.

Como por exemplo, o IOF e os encargos adicionados às operações de crédito pactuadas.

Com isso, o custo total da operação pode elevar a taxa de juros acima de 2% ao mês.

Ademais, o congresso nacional aprovou nesta 3°feira, dia 05, um teto para o juros do rotativo do cartão em 100% do valor do empréstimo. O juros da modalidade girava entorno de 400% ao ano.

Por fim, para mais notícias sobre economia, clique aqui.