no , , ,

DINHEIRO esquecido no BANCO por FALECIDOS. Familiares podem resgatar os valores!

Familiares de pessoas que já faleceram, mas deixaram algum dinheiro esquecido no banco, podem resgatar os valores. Veja como realização a solicitação.

DINHEIRO esquecido no BANCO por FALECIDOS
DINHEIRO esquecido no BANCO por FALECIDOS

Por mais incrível que pareça, muitas pessoas possuem algum dinheiro esquecido no banco, inclusive pessoas que já faleceram, entretanto, não há necessidade de pânico, pois os valores estão disponíveis para resgate, até mesmo pelos parentes dos falecidos.

De acordo com o Banco Central, milhões de brasileiros e brasileiras possuem algum dinheiro esquecido no banco.

Para se ter uma ideia, só de pessoas que já morreram e deixaram algum valor no banco, são 4 milhões de brasileiros.

Nesses casos, os parentes mais próximos têm o direito de resgatar esse dinheiro esquecido.

O primeiro passo para reaver o dinheiro, é fazer uma consulta ao Banco Central para saber se existe algum valor na conta da pessoa que faleceu.

Neste sentido, é interessante que todos façam uma simples consulta ao Sistema de Valores a Receber (SVR), do Banco Central para verificar se há algum dinheiro em conta.

Caso tenha, será a vez de iniciar o processo de resgate, o qual mostraremos a seguir todo o passo a passo.

Dinheiro esquecido na conta. Veja se você também tem!

O SVR é um programa do Banco Central (Bacen) que permite aos cidadãos(a) que possuem algum dinheiro esquecido em instituições financeiras, resgatem esses valores.

Inclusive, familiares de quem já faleceu e esqueceu algum dinheiro na conta, podem ter acesso a esses valores.

Mas de onde vem esse dinheiro esquecido nos bancos pelos cidadãos e cidadãs brasileiras?

– Conta corrente ou poupança encerradas com saldo positivo

– Tarifas cobradas de forma indevida, e que aparecerem em acordo assinado com o BC.

– Parcelas ou despesas de operações de crédito cobradas indevidamente e que aparecerem em acordo assinado com o BC.

– Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de ex-participantes de cooperativas de crédito.

– Recursos não procurados de grupos de consórcio encerrados.

Para consultar se tem algum valor a receber, basta a acessar aqui o site do SVR. Após a acessar o site, digite o número do CPF do titular da conta e pronto, o site vai informar se você possui algum valor esquecido.

Contudo, o site não informa o valor, apenas que a pessoa possui o dinheiro esquecido.

Em seguida vamos conferir como fazer para solicitar o resgate e fazer o saque dos valores para os parentes de quem já faleceu.

Veja resgatar os valores de pessoas que já faleceram

Primeiramente, vamos ver como quem ainda está vivo pode resgatar o seu dinheiro esquecido.

Após realizar a consulta e ter uma resposta positiva, o próprio banco vai orientar o cidadão(a) como proceder para poder sacar os valores.

Já nos casos onde o titular já faleceu, será necessário a comprovação do parentesco para que o familiar possa ter acesso aos valores.

Os documentos exigidos pelo Banco Central são, a saber:

  • Certidão de óbito;
  • Documentos pessoais, ou seja, de identificação;
  • Documento que comprove o grau de parentesco;
  • Documento que comprove a possibilidade de recebimento da herança.

Por fim, para mais notícias sobre dinheiro, clique aqui.