no , ,

Dinheiro Esquecido: ainda restam R$ 7,08 bilhões a serem resgatados

O SVR é um programa do Banco Central (Bacen) que permite aos cidadãos(a) que possuem algum dinheiro esquecido em instituições financeiras, resgatem esses valores.

Dinheiro Esquecido: ainda restam R$ 7,08 bilhoes
Dinheiro Esquecido: ainda restam R$ 7,08 bilhoes

O Sistema de Valores a Receber (SRV) do Banco Central teve inicio em fevereiro do ano passado e uma grande parte das pessoas que tem dinheiro esquecido em instituições financeiras, ainda não resgataram esses valores.

O SVR é um programa do Banco Central (Bacen) que permite aos cidadãos(a) que possuem algum dinheiro esquecido em instituições financeiras, resgatem esses valores.

De acordo com o Bacen, até o momento, o dinheiro esquecido pelos brasileiros e brasileiras nessas instituições somam carca de R$ 7,08 bilhões.

Em contrapartida, até o momento já foram resgatados através do SVR R$ 3,93 bilhões, de um total de R$ 11,01 bilhões.

O total de pessoas que resgataram o dinheiro esquecido até o momento são de 13.970.528.

Por incrível que pareça, esse número representa apenas 35,93% do total de pessoas que tem algum dinheiro a receber, ou seja, nem metade das pessoas que possuem algum dinheiro esquecido no banco, resgataram esses valores.

Dinheiro esquecido: Números do Sistema de Valores a Receber (SVR)

Desse total de pessoas que já resgataram seu dinheiro esquecido, são:

  • 13.477.382 pessoas físicas
  • 493.146 pessoas jurídicas.

Estão faltando resgatar os valores 38.876.360 correntistas. Desses:

  • 36.120.242 são pessoas físicas
  • 2.756.118 de pessoas jurídicas

Contudo, a grande maioria dos valores esquecidos são pequenos valores. Para se ter uma ideia, 62,68% são valores de até R$ 10.

Os outros valores são:

  • 25,24% – Entre R$ 10,01 e R$ 100
  • 10,31% – Entre R$ 100,01 e R$ 1 mil
  • 1,78% – Mais de R$ 1 mil

Sistema de Valores a Receber (SVR)

Paralisado desde maio de 2022, o Sistema de Valores a Receber (SVR) do Banco Central retorno em março desse ano de 2023.

Dessa forma, com a reabertura do sistema, foi possível realizar consultas e resgates de saldos, além do resgate do dinheiro esquecido por pessoas que já morreram.

Com o retorno do programa, vieram novas contas esquecidas e um novo sistema de agendamento, através de uma sala de espera virtual.

Inclusive, agora, o SVR disponibiliza todos os tipos de valores previstos na norma, o que amplia a possibilidade de valores a receber.

Outra novidade do programa é um botão para imprimir, salvar e compartilhar as telas e os protocolos de solicitação, inclusive pelo Whatsapp.

É uma ação importante para facilitar o acesso e a segurança das informações do sistema.

Informações sobre contas conjuntas solidárias também estão disponíveis pelo sistema SRV.  

Dessa forma, caso um dos titulares da conta fala a solicitação do dinheiro pelo SVR, o outro titular também poderá ver as informações da solicitação, que incluem o valor, data e CPF do solicitante.

Em relação a sala de espera virtual, o Bacen afirma que o funcionamento é como de uma fila tradicional. Nos casos onde muitas pessoas acessarem a sala ao mesmo tempo, uma fila virtual e feita por ordem de acesso.

É uma forma de substituir os agendamentos que eram feitos anteriormente.

Atenção aos golpes do SRV

O Banco Central emitiu um alerta a respeito de golpes que podem acontecer na hora de resgatar o dinheiro esquecido pelo SRV.

Isso porque, criminosos se passam por intermediários para intermediar o resgate dos valores.

Diante da situação, o Bacen informa que os serviços do SRV são totalmente gratuitos e que não existe o envio de links ou mesmo contato da para confirmação de dados pessoais.

Apenas a instituição financeira que aparecer na consulta da SRV é que pode entrar em contato com o titular da conta.

Por  fim, para mais notícias sobre como anda o seu dinheiro, clique aqui.