no , , , ,

Desenrola anuncia parceria com BANCOS e INÍCIO do programa

Programa criado para ajudar brasileiros a quitar suas dívidas, Desenrola Brasil vai beneficiar 50 milhões de brasileiros.

Desenrola: parceria com BANCOS e INICIO do programa
Desenrola: parceria com BANCOS e INICIO do programa

O Desenrola Brasil está às vésperas de ser lançado pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em parceria com os bancos públicos e privados do país e seu início está sendo aguardado por mais de 70 milhões de brasileiros(a) com muita ansiedade.

Criado pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), o Desenrola vai ajudar esses milhões de consumidores brasileiros(a) a pagarem suas dívidas e assim, tirar o nome da lista de devedor do SPC e do Serasa.

Assim, com o nome “limpo”, o cidadão volta a ter acesso a crédito, o que beneficia tanto o próprio cidadão(a), como a economia do país.

E uma das coisas que estava faltando para que o Desenrola saísse do papel era o modelo de parceria com os bancos.

Porém, essa questão foi resolvida e o bancos anunciaram já fecharam essa parceria e que portanto, o programa está agora em fase final de implantação.

Assim, vamos conhecer tudo que há de mais importante sobre o Desenrola Brasil, como por exemplo, quem pode participar e quando o programa terá início.

Desenrola Brasil – Início do programa de negociação de dívidas do governo Lula 3

De acordo com o Serasa, 75% dos consumidores(a) brasileiros(a) estão com o nome lista de devedores.

Portanto, a partir da Medida Provisória n°1.176, o programa Desenrola Brasil foi instituído e garantiu mais uma promessa de campanha do presidente Lula.

De acordo com o secretário de Reformas Econômicas do Ministério da Fazenda, Marcos Barbosa Pinto, revelou, o Desenrola Brasil vai começar a negociação das dívidas em setembro.

No início, o Desenrola vai atender “apenas” o público da faixa 1, que contempla cerca de 40 milhões de pessoas.

A intenção da criação do Desenrola, é resolver esse problema generalizado no país de endividamento da população que possuem dívidas de até 5 mil reais.

Além disso, o Desenrola também vai dar a possibilidade de pagamento da dívida ser em até 60 vezes, com juros bem abaixo da cobrada pelo mercado.

A seguir, veremos quais bancos participam do Desenrola Brasil.

Bancos anunciam que vão participar

Até o momento, quatro bancos já confirmaram participação no Desenrola, a saber:

  • Caixa Econômica Federal.
  • Bradesco
  • Itaú
  • Santander

Contudo, nos próximos dias, outros bancos ou empresas podem ser anunciados.

Desenrola Brasil: dívidas em até 60 parcelas

Entre as principais medidas do Desenrola está o perdão da dívida de R$ 100, com a condição de que a empresa credora esteja no programa.

Outra grande novidade é o parcelamento da dívida em 60 vezes, sem necessidade de entrada e com juros de apenas 1,99%.

A entrada é paga apenas com 30 dias após a negociação.

Toda a negociação do Desenrola será feita através do aplicativo do programa.

Segundo Haddad:

“A adesão dos devedores é crucial para o programa, porém acreditamos que diversos credores participarão”.

O Desenrola Brasil contará com dois segmentos de renegociação.

  • contratos firmados até 31 de dezembro de 2023
  • valores pagos isentos de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

A faixa 1 do programa vai atender os inadimplentes com os seguintes perfis:

  • Nome no cadastro de inadimplentes até 31 de dezembro de 2022
  • Dívidas de até R$ 5.000
  • Renda mensal de até dois salários mínimos (R$ 2.640) ou inscrição no CadÚnico
  • Dívidas de natureza privada
  • Exclusão de financiamento imobiliário, crédito rural e outras operações
  • Incentivo à realização de curso de educação financeira

Na faixa 2 do programa, estão apenas as dívidas bancárias.

Portanto, nesse caso, não será possível renegociar dívidas com varejistas, companhias de água e luz, entre outros.

As renegociações serão feitas diretamente com os bancos e já podem ter início a partir de julho.

Por fim, para mais notícias sobre programas do governo Lula, clique aqui.