no , , , , , , ,

CRAS: dicas para ser APROVADO na ENTREVISTA e receber benefícios do governo

O Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) é a porta de entrada para fazer parte dos programas sociais do governo federal. Veja dicas para se aprovado na entrevista.

CRAS: dicas para ser APROVADO na ENTREVISTA
CRAS: dicas para ser APROVADO na ENTREVISTA

O CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) é a porta de entrada para quem deseja receber qualquer um dos benefícios pagos através dos programas sociais do governo federal e tem como um dos critérios de concessão dos auxílios, uma entrevista pessoal com os assistentes sociais do órgão.

Na sede do CRAS é feita a inscrição do cidadão/cidadã, no Cadastro Único para Programas Socais do Governo Federal (CadÚnico).

Portanto, é através da inscrição no CadÚnico, que é feita na sede do CRAS da sua região, que o cidadão tem acesso a benefícios como:

  • Bolsa Família
  • BPC (Benefício de Prestação Continuada)
  • Auxílio-Gás
  • E muitos outros

Durante a entrevista no CRAS, o cidadão(a) será submetido(a) a vários questionamentos a fim de esclarecer sua realidade econômica e social, composição familiar entre outras questões.

Dessa forma, vamos aqui te dar várias dicas e apresentar a principais perguntas feitas na entrevista do CRAS.

A ideia é te ajudar a ir mais tranquilo ou tranquila para a entrevista e garantir que você não se enrole e acabe perdendo o benefício por uma questão de detalhes.

Dicas para se preparar para a entrevista do CRAS

Se engana quem acha que o CadÚnico funciona apenas para registro das famílias que recebem auxílio do governo federal.

Isso porque o CRAS também fornece os dados do CadÚnico para as prefeituras, que por vezes, solicitam esse registro para concessão dos seus próprios auxílios.

Já em relação a entrevista, o candidato ao benefício não deve mentir para os assistentes sociais do CRAS a respeito da sua renda mensal.

Caso minta, é possível responder criminalmente por receber o benefício social de forma irregular.

Somente esse ano, cerca de 1 milhão de famílias foram excluídas do Bolsa Família por receberem o benefício de forma irregular, pois não atendiam aos critérios do programa.

De forma geral, a entrevista do CRAS é tranquila. Não é de interesse dos assistentes sociais causar qualquer tipo de constrangimento ou contradição no cidadão(a).

Além da renda familiar, que já mencionamos acima, que deve ser de até R$ 218 mensais por pessoa, também é necessário informar a quantidade de pessoas que moram na casa.

Também será necessário informar a idade e escolaridade de cada um, além do endereço, é claro.

Os assistentes sociais também vão querer saber se a família possui algum patrimônio, além do histórico familiar.

Entretanto, uma das principais questões da entrevista, é a motivação e as necessidade da família de procurar o CRAS para receber um auxílio do governo.

Questões importantes

Outras questões importantes que também vão surgir na entrevista do CRAS são sobre o acesso da família a serviços públicos, como educação, saúde e lazer.

Dessa forma, é possível identificar qual é o programa mais adequado a realidade daquela família.

Portanto, a entrevista do CRAS tem o objetivo de entender a real necessidade das famílias de baixa renda do país para que o governo possa desenvolver de forma mais eficiente os programas sociais que são essenciais para milhões de brasileiros e brasileiras.

Por fim, para mais notícias sobre programas sociais do governo federal, clique aqui.