no , ,

Confira o PREÇO da gasolina após nova REDUÇÃO. HOJE 21/11

Motorista tiveram uma excelente notícia nesse início de semana com mais uma redução no preço da gasolina. Confira o novo valor!

O preço da gasolina tem sido um dos vilões do orçamento de milhões de brasileiros e brasileiras nos últimos anos, porém, as mudanças na política de preços da Petrobras foram benéficas e ajudou bastante na redução do preço do combustível nesse ano de 2023.

Inclusive, essa semana começou com uma boa notícia para os motoristas, visto que o preço da gasolina teve uma nova redução.

Portanto, a seguir vamos conferir todos os detalhes sobre o novo preço da gasolina e as expectativas para as próximas semanas.

Preço da gasolina tem nova redução

Com essa nova redução no preço da gasolina, essa é 11° semana consecutiva com queda no valor do combustível.

Ou seja, desde o mês de agosto que o valor do litro da gasolina está em queda.

Redução que é muito bem recebido por todos os motoristas, que desde o dia 26 de agosto só vem o preço da gasolina cair.

De acordo com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o valor médio da gasolina caiu 0,35%, passando de R$ 5,65 para R$ 5,61 no país.

Esse foi o menor valor do combustível desde a semana que terminou em 12 de agosto, quando a média do preço da gasolina estava em R$ 5,53.

Apesar dessa última redução ter sido de apenas R$ 0,04, se somadas as reduções das semanas anteriores, temos um valor significativo, mas que infelizmente, ainda não é suficiente para compensar a alta acumulada das semanas anteriores a esse período de redução.

A redução acumulada do período é de R$ 0,29, diante do aumento de R$ 0,36 das três semanas anteriores.

Petrobras reduz mais uma vez o valor dos combustíveis para as distribuidoras

Nas últimas semanas a Petrobras anunciou uma redução de R$ 0,12 no preço do litro da gasolina que ela repassa as distribuidoras.

Por conta dessa redução, o valor do litro da gasolina repassado as distribuidoras caiu de R$ 2,93 para R$ 2,81 no último, 21 de outubro.

E de acordo com a própria Petrobras, os postos de combustíveis já repassaram para os consumidores os novos valores.

Entretanto, como é possível perceber, os preços nos postos são bastantes diferentes dos valores para as distribuidoras. O motivo são as variações de taxas, impostos, margem de lucro e custos operacionais de cada distribuidora.

Por fim, para mais notícias sobre combustíveis, clique aqui.