no , , , , ,

CadÚnico: aprenda a ATUALIZAR seu dados pela INTERNET

Atualizar os dados do CadÚnico é essencial para não ter o Bolsa Família e demais benefícios suspensos pelo governo. Veja como realizar todo o procedimento sem sair de casa!

CadUnico: aprenda a ATUALIZAR pela INTERNET
CadUnico: aprenda a ATUALIZAR pela INTERNET

O CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais) é a porta de entrada para receber qualquer um dos benefícios assistenciais pagos pelo governo federal, como o Bolsa Família, por exemplo e atualizar os dados do cadastro é essencial para manter o pagamento mensal do benefício.

É através da base de dados do CadÚnico, que o governo identifica quem são e onde estão as pessoas e famílias em condições socioeconômicas de maior vulnerabilidade.

Dessa forma é possível elaborar políticas publicas muito mais eficientes, voltadas para esse grupo social, visto que o governo passa a ter informações socioeconômicas das famílias, como renda, composição familiar e situação de moradia.

Daí a importância de atualizar os dados do CadÚnico, atendendo as exigências do governo para não correr o risco de perder qualquer um dos benefícios.

Atualmente, 28 programas federais que utilizam a base do CadÚnico para a gestão de suas ações, como:

  • Bolsa Família;
  • Distribuição gratuita de antenas de televisão;
  • Minha Casa, Minha Vida;
  • Programa Internet Brasil;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Reformas de casa;
  • Desconto na Tarifa de Água e Luz;
  • Auxílio Aluguel;
  • Isenção de pagamento de taxa inscrição em concursos federais ou públicos;
  • Carteira do Idoso;
  • Cursos gratuitos oferecidos por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego;
  • CNH Social;
  • Desconto no INSS para as donas de casa
  • Entre outros

Vamos ver a seguir como atualizar o seu CadÚnico sem sair de casa.

Como atualizar os dados do CadÚnico pelo celular

Conforme as regras do governo federal para o CadÚnico, todos as famílias inscritas devem atualizar seus dados, no máximo, a cada 2 anos.

Além disso, também existem outras situações que exigem a atualização dos dados, que são:

  • mudança de endereço ou escola dos jovens e crianças;
  • início de trabalho CLT de algum membro familiar;
  • nascimento de novo integrante;
  • gestação;
  • falecimento;

Caso isso não ocorra, a família terá o benefício suspenso.

Mesmo que em dois anos nenhum dado tenha mudado, é preciso atualizar o CadÚnico dentro desse período.

Sobre o processo de atualização pela internet, é simples. Em primeiro lugar instale o aplicativo (app) do CadÚnico no seu celular.

Após a instalação do app, será preciso autenticar o aparelho.

Para tal, confirme as informações solicitadas e em seguida inclua o número do seu celular.

Em seguida, siga os seguintes passos:

  • Faça o login e vá até as configurações;
  • Acesse os dados pessoais;
  • Editar os que forem necessários

Por fim, digite sua senha de acesso e confirme o processo.

Entretanto, existem algumas situações onde será preciso comparecer presencialmente a sede do CRAS para atualizar o CadÚnico.  

Então vamos conferir a seguir quais são essas situações.

Quando é preciso comparecer ao CRAS?

Apesar da praticidade de pode atualizar os dados do CadÚnico pela internet, esse procedimento não é válido para todas as situações.

Esse tipo de atualização cadastral, tem um caráter de prevenção, no sentido de evitar a convocação ao CRAS (Centro de Referencia em Assistência Social).

Isso porque, caso os dados estejam devidamente atualizados, existe uma grande chance do beneficiário não sofrer uma convocação do governo para reanalisar o benefício.

Mas, caso estejam desatualizados a mais de 2 anos, é provável que em breve você receberá um convite para comparecer a uma sede do CRAS.

Aliás, casos isso aconteça, não esqueça de levar todos os seus documentos pessoais, além de comprovem a renda e a existência de dependentes.

Por fim, para mais noticias sobre  os programas sociais do governo federal, clique aqui.