no , , ,

CadÚnico: aprenda a ATUALIZAR para não PERDER o BENEFÍCIO

Atualizar o CadÚnico é uma forma de garantir a manutenção dos benefícios pagos através do cadastro. Veja como atualizar de forma fácil e rápida.

CadUnico: ATUALIZAR para nao PERDER o BENEFICIO
CadUnico: ATUALIZAR para nao PERDER o BENEFICIO

O CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal), é a porta de entrada para quem deseja participar de qualquer um dos programas socias do governo federal e deixar de atualizar esse cadastro pode levar a suspensão e até a perda do benefício.

Dessa forma, todos os benefícios sociais pagos pelo governo federal, utilizam o CadÚnico como cadastro dos beneficiários.

Os benefícios do governo federal pagos através do CadÚnico são:

Bolsa Família;

Distribuição gratuita de antenas de televisão;

Minha Casa, Minha Vida;

Programa Internet Brasil;

Tarifa Social de Energia Elétrica;

Reformas de casa;

Desconto na Tarifa de Água;

Auxílio Aluguel;

Isenção de pagamento de taxa inscrição em concursos federais ou públicos;

Carteira do Idoso;

Cursos gratuitos oferecidos por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego;

CNH Social;

Desconto no INSS para as donas de casa.

Estados e municípios também utilizam o CadÚnico para o pagamento de alguns de seus benefícios, assim como para desenvolver políticas públicas voltadas às pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Portanto, para que você não corra o risco de perder qualquer um desses benefícios, te mostraremos o passo-a-passo para você atualizar o seu CadÚnico.

Como atualizar o CadÚnico pela internet?

Para atualizar o seu Cadastro Único pelo celular, basta acessar o aplicativo do CadÚnico, aqui.

Após acessar o aplicativo e realizar o login, selecione a opção “Atualização Cadastral por Confirmação”;

Em seguida, sigas as instruções descritas na tela.

Contudo, caso haja alguma mudança de informações, o sistema pode indicar que o cidadão se encaminhe a uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)

Documentação necessária

Parar atualizar o CadÚnico é preciso que responsável familiar maior de 16 anos, de preferência mulher, deverá comparecer ao CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo da sua região.

A pessoa deverá levar consigo o CPF ou Título de Eleitor, assim como os documentos abaixo de cada membro da família:

Certidão de Nascimento;

Certidão de Casamento;

RG;

CPF;

Título de Eleitor;

Carteira de Trabalho.

Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) – se a pessoa for indígena.

Os indígenas e quilombolas não precisam apresentar o CPF ou título de eleitor. Todavia, esses cidadãos devem apresentar um dos documentos acima

Bloqueios no Bolsa Família

O governo federal anunciou ainda em janeiro que daria início a um pente fino no CadÚnico e solicitou que os beneficiários atualizassem seus cadastros.

O pente-fino teve início em março e até o mês de maio, cerca de 1 milhão de cadastros do Bolsa Família já haviam sido suspensos e mais de 260 mil Auxílio-gás.

Por fim, para mais notícias sobre o CadÚnico, clique aqui.