no , , , ,

Bolsa Família DESBLOQUEOU milhões de benefícios. Veja como voltar a sacar as parcelas!

O governo federal desbloqueou Bolsa Família de milhões de famílias que estavam com o benefício suspenso. Saiba o que fazer para sacar o benefício já em outubro.

Bolsa Familia DESBLOQUEOU milhoes de beneficios
Bolsa Familia DESBLOQUEOU milhoes de beneficios

A volta do Bolsa Família em 2023 resultou em uma série de novas regras e exigências, além de um pente-fino que foi feito no cadastro do programa, que levou a suspensão de milhões de benefícios, muitos dos quais, o governo desbloqueou recentemente.

Todavia, junto com as novas regras, vieram também novos benefícios que aumentaram o valor pago pelo Bolsa Família.

São essas novas regras que garantem tanto a concessão como a permanência no programa.

Ou seja, quem não a cumprir as regras exigidas, será a princípio suspenso e caso não regularize a situação, será excluída do Bolsa Família.

Em contrapartida, os beneficiários que tiveram o Bolsa Família suspenso, mas regularizaram a situação, o governo desbloqueou o benefício.

Dessa forma, essas famílias que o governo recentemente desbloqueou o Bolsa Família, já podem receber o benefício nesse mês de outubro.

A seguir, veja como consultar se o governo desbloqueou o seu Bolsa Família e como fazer para sacar o valor.

O que fazer para desbloquear o Bolsa Família?

Segundo o governo federal, os meses de agosto e setembro foram os dois meses que tiveram mais cortes do Bolsa Família desde o início do pente-fino, em março.

Ao todo, milhões de beneficiários tiveram as parcelas do Bolsa Família suspensas, inclusive famílias que têm o direito de receber o benefício.

Contudo, diante dos flagrantes indícios de irregularidades em milhões de cadastros do programa, o governo precisou fazer os cortes e forçar essas famílias a fazerem um recadastramento.

Portanto, todos e todas que tiveram o benefício suspenso, podem fazer uma atualização cadastral e se estiveram dentro das regras, voltam a receber as parcelas.

Como foi o caso de milhões de famílias, que fizeram o recadastramento e o logo em seguida o governo desbloqueou o Bolsa Família desses beneficiários.

Para atualizar o cadastro do programa, basta se encaminha a sede do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) da sua região, em posse dos seus documentos e de todas a pessoas que moram na casa com você.

Todavia, esse procedimento deve ser feito dentro de um prazo de 30 dias após o corte do benefício.

Veja como consultar o beneficio

Após a solicitação do desbloqueio do Bolsa Família, o governo federal responde em no máximo 60 dias se atende a solicitação de desbloqueio ou não.

Se a resposta for positiva, o governo desbloqueia o beneficio e ainda para as parcelas retroativas aos meses que o benefício ficou suspenso.

Já se a resposta for negativa, a pessoas será excluída do programa de forma definitiva, visto que o governo entendeu que você não cumpre os requisitos socioeconômicos para participar do Bolsa Família.

Pelo menos não naquele momento.

Para saber se o governo desbloqueou o seu Bolsa Família é simples, basta acessar o app do Caixa Tem e consular a data do pagamento.

Se o valor estiver disponível, é porque o governo desbloqueou o seu Bolsa Família.

Calendário de pagamento de outubro

Assim como em todos os meses, o pagamento do Bolsa Família de outubro começa faltando 10 dias para o final do mês.

Os pagamentos são feitos através da conta digital do Caixa Tem e o saque pode ser feito em qualquer agência da Caixa ou instituições parceiras.

Além disso, os pagamentos são organizados de acordo com o número final do NIS (Número de Inscrição Social) dos beneficiários.

  • Final do NIS 1: 18 de outubro;
  • Final do NIS 2: 19 de outubro;
  • Final do NIS 3: 20 de outubro;
  • Final do NIS 4: 23 de outubro; (Antecipado para o dia 21)
  • Final do NIS 5: 24de outubro;
  • Final do NIS 6: 25 de outubro;
  • Final do NIS 7: 26 de outubro;
  • Final do NIS 8: 27 de outubro;
  • Final do NIS 9: 30 de outubro; (Antecipado para o dia 28)
  • Final do NIS 0: 31 de outubro.

Por fim, para mais notícias sobre o Bolsa Família, clique aqui.