no , , , , , , ,

Bolsa Família com valor MAIOR para quem tem FILHOS. Confira os valores!

Confira quais são os valores atualizados do Bolsa Família, inclusive, qual o valor para as beneficiárias que possuem filhos. Consulte o calendário de pagamento de fim de ano.

Bolsa Familia com valor MAIOR para quem tem FILHOS
Bolsa Familia com valor MAIOR para quem tem FILHOS

O Bolsa Família está cheio de novos benefícios que contribuíram bastante para a valorização do programa, inclusive, com o pagamento de um valor maior para as famílias beneficiárias que possuem filhos.

E de acordo com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), esses benefícios estão confirmados para 2024, que já está logo ali.

Portanto, confira a seguir os valores atualizados o Bolsa Família, inclusive o valor que está sendo pago as famílias que possuem filhos.

Brasil fora do Mapa da Fome?

É inegável que o Bolsa Família é o principal programa social do Brasil, responsável direto pela redução da pobreza e do combate a fome em nosso país.

Ainda em 2014, o Bolsa Família foi o responsável por tirar o Brasil do famigerado mapa da fome.

O qual, infelizmente, retornarmos em 2018, apenas após 3 anos do golpe que tirou a presidenta Dilma Rousseff (PT) da previdência.

No entanto, com o retorno de Lula ao poder em 2023, o presidente, além de trazer de volta o Bolsa Família, que havia sido substituído pelo Auxílio Brasil, ainda aumentou o valor pago pelo programa e ampliou o seu alcance.

Agora, famílias que possuem filhos, tem direito a receber valores maiores do Bolsa Família.

Essa situação é possível graças a criação de novos benefícios adicionais, que estão atrelados a composição familiar dos beneficiários(a).

Com medidas como essa, é possível construir um sistema que garanta a melhoria na qualidade de vida dessas famílias a curto, médio e longo prazo, através de melhorias nas condições de nutrição, saúde e educação dos filhos das beneficiárias do Bolsa Família.

A saber, a melhoria dos índices desse tripé (nutrição, saúde e educação) são os pilares para o fim de um ciclo geracional de pobreza.

Ou seja, ampliação do Bolsa Família e a decisão de pagar valores maiores as famílias que possuem filhos, tem se mostrado uma estratégia essencial para garantir uma proteção social as pessoas que mais precisam.

Bolsa Família paga mais para quem tem filhos

Como é de conhecimento de todos(a), em 2021 o então presidente Jair Bolsonaro (PL), substituiu o Bolsa Família pelo Auxílio Brasil. Porém, em 2023, o programa criado por Lula em 2003 retornou ainda mais forte.

Além do Bolsa Família garantir um valor mínimo de R$ 600, ou seja, R$ 200 a mais do que o programa criado por Bolsonaro, o programa do petista ainda criou novos benefícios adicionais que podem elevar o valor para mais R$ 1 mil.

Esses novos benefícios do Bolsa Família são destinados as beneficiárias que possuem uma composição familiar com filhos, desde recém-nascidos até jovens de 18 anos.

Além disso, famílias com mulheres gestantes e lactantes também recebem um pagamento extra, mensalmente.

Confira abaixo um quadro completo de todos os benefícios adicionais:

  • Benefício Primeira Infância (BPI): adicional de R$ 150 por criança com idade entre zero e sete anos incompletos;
  • Benefício Variável Familiar (BVF): adicional de R$ 50 para gestantes, lactante e crianças/adolescentes entre 7 e 18 anos incompletos;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): R$ 50 adicionais por membro da família com até sete meses incompletos (nutriz). Início das transferências em setembro;

Regras para ter direito ao Bolsa Família

  • Integrar uma família em situação de extrema pobreza, com renda familiar mensal por pessoa de até R$ 218;
  • Fazer o acompanhamento pré-natal para gestantes;
  • Acompanhamento de ações socioeducativas para crianças em situação de trabalho infantil;
  • Gestantes e lactantes devem fazer acompanhamento pelo SUS.
  • Completar o calendário de vacinação dos filhos menores de idade;
  • Acompanhar o estado nutricional das crianças menores de 7 anos;
  • Garantir frequência escolar mínima de 60% para as crianças de 4 a 5 anos;
  • Garantir frequência escolar mínima de 75% para os beneficiários entre 6 e 17 anos (que ainda não concluíram os estudos da educação básica).

Calendário de pagamento de novembro e dezembro

O Bolsa Família começou a ser pago no dia 17 de novembro e vai até o fim do mês, dia 30.

A saber, os pagamentos são feitos através do app Caixa Tem, nas agências das Caixa Econômica Federal; Casas Lotéricas; ou Caixas eletrônicos com os cartões do programa.

Além disso, o calendário do benefício é organizado de acordo com o número final do NIS (Número de Inscrição Social) das famílias beneficiárias:

  • Final do NIS 1: 17 de novembro;
  • Final do NIS 2: 20 de novembro;
  • Final do NIS 3: 21 de novembro;
  • Final do NIS 4: 22 de novembro;
  • Final do NIS 5: 23 de novembro;
  • Final do NIS 6: 24 de novembro;
  • Final do NIS 7: 27 de novembro;
  • Final do NIS 8: 28 de novembro;
  • Final do NIS 9: 29 de novembro;
  • Final do NIS 0: 30 de novembro.

Calendário de dezembro:

  • Final do NIS 1: 11 de dezembro;
  • Final do NIS 2: 12 de dezembro;
  • Final do NIS 3: 13 de dezembro;
  • Final do NIS 4: 14 de dezembro;
  • Final do NIS 5: 15 de dezembro;
  • Final do NIS 6: 18 de dezembro;
  • Final do NIS 7: 19 de dezembro;
  • Final do NIS 8: 20 de dezembro;
  • Final do NIS 9: 21 de dezembro;
  • Final do NIS 0: 22 de dezembro.

Por fim, para mais notícias sobre o Bolsa Família, clique aqui.