no , , , ,

Bolsa Família: aprenda a fazer o CADASTRO sem sair de casa!

Sabia que é possível fazer o cadastro do Bolsa Família sem sair de casa!? Veja o passo a passo para a se inscrever e garantir seu benefício.

Bolsa Familia: aprenda a fazer o CADASTRO sem sair de casa!
Bolsa Familia: aprenda a fazer o CADASTRO sem sair de casa!

O Bolsa Família é o principal programa social do governo federal e atualmente contempla cerca de 21 milhões de famílias, porém, ainda existem muitas pessoas que precisam receber o benefício, mas nem sequer saber como fazer cadastro.

Entretanto, é importante deixar claro que o fato da pessoa fazer o cadastro para receber o Bolsa Família, isso não garante o recebimento do benefício.

Antes, será preciso atender aos critérios de elegibilidade do programa, que tem o objetivo de evitar golpes e fraudes.  

Sendo assim, a seguir vamos conhecer quais são esses critérios e como fazer o cadastro no Bolsa Família do sofá da sua casa.

Como fazer o cadastro do Bolsa Família

A primeira coisa que a pessoa precisa fazer para receber o Bolsa Família é saber se ela atende aos critérios de elegibilidade do programa.

São elas:

  • Ter uma renda mensal de até R$ 219 por pessoa
  • Fazer o cadastro do CadÚnico

Para fazer o castro a família deve escolher um representante familiar, que vai representar toda da família.

Esse representante familiar precisa ser uma pessoa com mais de 16 anos, de preferência mulher.

Cabe destacar que o representante familiar não necessariamente precisa morar na mesma casa, nem fazer parte da família. No entanto, ela deve ter uma atribuição legal para representação formal.

Em seguida veja toda a documentação necessária para fazer o cadastro no CadÚnico e receber o Bolsa Família.

Às famílias com um Responsável Familiar, os documentos exigidos são:

  • CPF do responsável, seu Título Eleitoral e documento de identificação com foto;
  • comprovante de endereço ou declaração de residência assinados pelo responsável; e
  • CPF, Título, Certidão de nascimento ou casamento e Carteira de identidade ou de trabalho dos demais membros.

Enquanto isso, Responsáveis Legais devem levar para o cadastramento:

  • seu CPF;
  • documento comprovando a representação legal;
  • CPF, Título Eleitoral e documento com foto do(a) representado(a);
  • comprovante de endereço assinado; e
  • CPF, Título de Eleitor, Certidões e Carteira de identidade ou de trabalho dos outros integrantes.

Se cadastre sem sair de casa

Ter a possibilidade de fazer o cadastro do Bolsa Família sem sair de casa é uma comodidade e tanto, sem contar que ajuda a diminuir as filas nas sedes do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social).

As sedes do CRAS é onde é feito cadastro presencialmente.

E de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social é possível fazer apenas um pré-cadastramento no CadÚnico através do aplicativo digital do programa ou pelo site.

Essa é uma maneira do cidadão adiantar a sua inscrição, pois de qualquer forma, será necessário comparecer presencialmente a uma sede CRAS.

Após fazer o cadastro pela aplicativo do CadÚnico, a pessoa tem 8 meses para comparecer a sede do CRAS da sua região, de posse dos documentos solicitados.

E para finalizar o processo, a pessoa vai passar por uma entrevista com alguns dos assistentes sociais do Centro de Referência.

Calendário de setembro de 2023

O calendário de pagamento do programa leva em consideração o dígito final do NIS (Número de Inscrição Social) dos beneficiários.

Confira abaixo o calendário de pagamentos do Bolsa Família de setembro.

  • 18 de setembro: NIS final 1 (possível antecipação para dia 16);
  • 19 de setembro: NIS final 2;
  • 20 de setembro: NIS final 3;
  • 21 de setembro: NIS final 4;
  • 22 de setembro: NIS final 5;
  • 25 de setembro: NIS final 6 (possível antecipação para dia 23);
  • 26 de setembro: NIS final 7;
  • 27 de setembro: NIS final 8;
  • 28 de setembro: NIS final 9;
  • 29 de setembro: NIS final 0.

Por fim, para mais notícias sobre programas sociais, clique aqui.