no , , ,

Bindi: O Significado e Impacto Cultural do Símbolo Hindu Durante a Visita de Lula à Índia no G20

Sinal na testa, conhecido como Bindi: Tradição cultural em evidência durante visita de Lula à Índia

O Simbolismo Hindu durante a Visita de Lula à Índia
O Simbolismo Hindu durante a Visita de Lula à Índia

Marca característica do hinduísmo, o Bindi, chamou a atenção durante a visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da primeira-dama Janja à Nova Délhi, capital da Índia. O casal desembarcou em terras indianas para participar da cúpula de chefes de Estado e governo do G20, realizada nos últimos dias, e foram recebidos com flores, presentes e o simbólico sinal na testa.

Situado entre os olhos, o Bindi é considerado um “terceiro olho” capaz de enxergar o que os olhos físicos não conseguem, de acordo com a tradição hinduísta. Carregada de simbologias e tradições, essa “pinta” é muito mais do que uma simples marca na testa.

Afinal, o que significa o Bindi?

Os seguidores do hinduísmo acreditam que o Bindi possui o poder de concentrar a energia espiritual do corpo humano. Representa também a sabedoria espiritual e a capacidade de focar na tarefa em mãos, aumentando a concentração mental e a clareza de pensamento.

Bindi e G20, o que esperar dessa cúpula?

A presença de Lula e da primeira-dama Janja na cúpula do G20 na Índia tem chamado atenção da imprensa internacional. Além de questões econômicas e políticas globais, o simbolismo do Bindi coloca em evidência a importância do diálogo intercultural e do respeito às tradições e religiões locais nas dinâmicas de relações internacionais.

Marca na testa, uma característica indiana?

Embora o Bindi seja bastante associado à Índia, ele não é exclusivo desse país. Em diversas culturas do oriente, marcas na testa são feitas com diferentes propósitos e significados. No Nepal, por exemplo, o uso de Bindis é comum tanto em homens quanto em mulheres e possui um significado cultural e espiritual similar ao da Índia.