no , , , ,

Bancos correm risco de FALÊNCIA. Cuidado para não PERDER o seu dinheiro!

Vários bancos estão passando por uma crise que já levou a falência algumas dessas instituições. Confira o que está acontecendo e saiba se seu dinheiro corre risco.

Bancos correm risco de FALENCIA
Bancos correm risco de FALENCIA

Os bancos estão entre as instituições mais solidas do mundo capitalista, afinal de contas, é onde as pessoas guardam seu dinheiro, entretanto, uma grave crise tem preocupado todo o sistema bancário, visto que alguns bancos inclusive, já decretaram falência.

É através dos bancos que o cidadão tem acesso a vários serviços financeiros como, por exemplo:

  • Empréstimos
  • Consórcio
  • Poupança
  • Financiamentos
  • Cartões de crédito e débito.
  • Entre outras.

Afinal de contas, a época de guardar o dinheiro enterrado no quintal já passou né. No entanto, os bancos também vão a falência, portanto, é bom ficar atento/atenta.

Dessa forma, confira a seguir quais são os bancos que correm risco de falência.

Bancos correm sério risco de falência

Só de pensar na palavra falência, já da um frio na espinha, ainda mais se falamos de bancos, local onde guardamos nosso dinheiro.

E essa é uma situação real, que tem causado muita aflição no mercado financeiro de todos os países do mundo.

A crise bancária está alastrada nos Estados Unidos e já ultrapasso todos os limites aceitáveis até então.

Os Estados Unidos é país do mundo onde mais existem bancos, com cerca de 4.800 instituições financeiras.

Desse total, praticamente a metade enfrentam uma grave crise financeira e muitos, inclusive, correm de risco de ir a falência.

Obviamente que uma crise bancária dessa proporção não fica restrita apenas ao próprio setor, se ramificando entre outras áreas da economia.

A questão é que essas instituições possuem mais ativos do que passivos e isso envolve até mesmo uma das maiores estruturas financeiras do país.

Veja quem pode e quem já faliu

Para se ter uma ideia, somente no mês de março, 3 bancos decretaram falência nos Estados Unidos. O último deles foi o First Republic Bank.

Os outros dois bancos que também decretaram falência na época foram:

  • Silicon Valley Bank
  • Signature Bank

O impacto da falência desses bancos foi extremamente significativo, inclusive fora dos Estados Unidos, ao ponto de derrubar o Credit Suisse.

O First Republic se tornou a segunda maior falência bancária dos Estados Unidos.

A J.P Morgan foi quem comprou uma boa parte dos ativos, mas não foi suficiente para acalmar os investidores e o mercado.

Apesar da crise do setor bancário não ter chegado no Brasil, é preciso estar atento, pois crises dessa dimensão extrapolam fronteiras.

Dessa forma, procure sempre as instituições financeiras mais solidas, como os bancos públicos, por exemplo. Esses são muito mais improváveis de falir.

Por fim, para mais notícias sobre o mercado financeiro, clique aqui.