no , , , , ,

4° lote da Restituição do IR contemplo 6 milhões de brasileiros. Veja calendário completo da restituição!

Agosto terminou com o pagamento do 4° lote da restituição do Imposto de Renda 2023. Em setembro, Receita Federal paga o 5° e último lote da restituição desse ano.

4° lote da Restituicao do Imposto de Renda
4° lote da Restituicao do Imposto de Renda

O 4° lote da restituição do Imposto de Renda de 2023 foi depositado na conta dos contribuintes na 5°feira, dia 31 de agosto. Esse foi o penúltimo lote da restituição desse ano e ao todo, a Receita Federal devolveu aproximadamente R$ 7,5 milhões, para cerca de 6 milhões de brasileiros e brasileiras.

A principal função da declaração o imposto de renda é arrecadar recursos para a realização de investimentos no país, além de evitar a lavagem de dinheiro, enriquecimento ilícito, entre outras formas de crimes fiscais.

Somente em 2022, a arrecadação do governo federal com as declarações de Imposto de Renda (IR) foi na casa de R$ 1 trilhão.

Portanto, diante dessas informações, agora vamos ver todos os detalhes do pagamento do 4° lote da restituição do IR.

Imposto de Renda

Todo cidadão que declara pagou mais imposto do que deve, tem direito a receber uma parcela da restituição. Até o momento, três lotes da restituição já foram pagos.

Os três primeiros lotes da restituição contemplaram os grupos prioritários, portanto, o 4° lote será destinado as pessoas que não fazem parte de nenhum grupo prioritário.

Se você faz parte do grupo dos contribuintes que entregaram sua declaração dentro do prazo, pode ser que a restituição já tenha sido depositada na sua conta.

Abaixo segue o calendário completo da restituição do imposto de renda 2023.

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 31 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 29 de setembro

Contudo, caso você não tenha sido contemplado(a) nesse 4° lote da restituição do IR, não se preocupe, pois ainda falta o 5° e último lote ser pago.

O pagamento do último lote será no dia 29 de setembro, como demonstro a tabela acima.

Entretanto, existem algumas situações que podem levar o contribuinte a não receber a restituição. Dessa forma, preparemos para vocês algumas dicas que podem esclarecer o motivo.

Não recebi minha restituição. E agora?

Como dissemos acima, existem algumas situações que impedem o contribuinte de receber a restituição do IR.

Veja a seguir quais são essas situações e como resolver o problema.

  • Primeiramente, verifique o status da sua restituição através do extrato do imposto de renda através do site da Receita Federal.
  • Verifique se os dados bancários da declaração de IR estão corretos. Erros nos dados bancários podem levar a atrasos ou problemas na transferência da restituição.
  • Você pode ter caído na “malha fiscal”. Esse é um termo utilizado para se referir ao processo de verificação e análise detalhada das declarações de imposto de renda e outros documentos fiscais pelos órgãos fiscais, como a Receita Federal no Brasil.

Como saber se tenho direito a restituição do Imposto de Renda

O primeiro passo é acessar o portal da Receita Federal e escolher a opção “Meu Imposto de Renda”.

Em seguida, selecione “Consultar a Restituição”.

Cabe destacar que não são todas as pessoas têm direito à restituição. Para ter direito, é preciso que o contribuinte tenha pago mais impostos do que deve ou tenha feito deduções em sua declaração.

Ou seja, se você pagou exatamente o valor devido ou não tenha realizado deduções, não receberá a restituição.

Entretanto, se esse artigo não foi suficiente para esclarecer todas as suas dúvidas, o ideal é recorrer a uma orientação profissional, como um contador ou um especialista em imposto de renda.

Por fim, para mais notícias sobre o Imposto de Renda, clique aqui.